Datafolha vai recorrer ao TRE para garantir divulgação da pesquisa que Russomanno quer censurar

Jornal Folha de S. Paulo subiu o tom contra o candidato de Jair Bolsonaro à prefeitura de São Paulo, que derrete nas intenções de voto e quer censurar pesquisa; "Ameaça ao direito à informação"

Em matéria divulgada nesta quarta-feira (11), o jornal Folha de S. Paulo informou que o juiz eleitoral Marco Antonio Martin manteve a censura pedida pelo candidato à prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos), à pesquisa Datafolha que seria divulgada hoje.

No texto, o periódico, além de informar que o Datafolha vai recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), subiu o tom contra a decisão do juiz e a atitude do candidato de Jair Bolsonaro em querer impedir a divulgação do levantamento.

“Em ameaça ao direito à informação, essa é a 1ª vez desde Constituiçao de 1988 que juiz proíbe divulgação de pesquisa em SP”, diz o periódico logo na abertura da reportagem.

A decisão da Justiça acatou argumentos da campanha de Russomanno de que alguns aspectos da pesquisa não estariam em conformidade com a lei, como a ausência de ponderação dos entrevistados quanto ao nível econômico, irregular fusão de estratos quanto ao grau de instrução dos entrevistados e simulação tendenciosa de segundo turno diante da ausência de simulações sem a presença do candidato à reeleição Bruno Covas (PSDB).

As intenções de voto de Russomanno estão em queda não apenas no Datafolha, mas também em outros levantamentos. Em pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (9), o deputado passou pela primeira vez ao terceiro lugar na disputa, ficando atrás do candidato do PSOL, Guilherme Boulos.

“Causa espanto e é preocupante um pedido de impugnação da divulgação justamente agora quando o candidato que solicita a censura apresenta queda nas intenções de voto. É um ataque ao direito do eleitor de se informar, uma ação antidemocrática”, afirmou o diretor de pesquisas do Datafolha, Alessandro Janoni.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_