Datena manda Russomanno “se catar”, parabeniza campanha de Boulos e elogia Erundina

Datena disse, em entrevista com Boulos, que Russomanno "não tem conteúdo para ser político ou não sabe falar"; por outro lado, rasgou a candidatura do psolista de elogios e sugeriu até slogan: "Boulos tem a receita pra São Paulo"

O apresentador José Luiz Datena já vem sendo chamado por apoiadores de Jair Bolsonaro de “comunista” por conta das críticas que faz ao presidente. Nesta sexta-feira (23), o jornalista deu mais um motivo para ser taxado de “esquerdista” por parte da militância bolsonarista: criticou Celso Russomanno (Republicanos), candidato do Planalto à prefeitura de São Paulo, e teceu elogios à chapa formada por Guilherme Boulos e Luiza Erundina (PSOL).

Boulos foi entrevistado por Datena, pela manhã, na Rádio Bandeirantes. Logo no início da entrevista, o apresentador criticou Russomanno ao comentar a pesquisa Datafolha de quinta-feira (22), que mostra uma desidratação do candidato de Bolsonaro e crescimento do psolista.

“Quando eu vi o Russomanno no debate, falei: ‘vai levar um cacete violento’. Porque de comunicação eu entendo. Ou ele não tem conteúdo para ser político ou não sabe falar. Disse em entrevista aquela besteira que morador de rua não pega Covid porque não toma banho. Então, eu já esperava que o Covas superasse o Russomanno”, disse.

“Não tenho nada contra o Russomanno, acho um ótimo profissional. Eu liguei pra ele pessoalmente, como liguei pro Boulos hoje, e ele não me atendeu e nem me respondeu. Então ele que vá te catar. Ele que se vire”, completou Datena.

Logo na sequência, sem que Boulos tivesse feito sequer sua primeira intervenção na entrevista, o apresentador começou a elogiar a campanha do psolista e também sua vice, a ex-prefeita Luiza Erundina. “O senhor tá fazendo uma campanha que me parece muito consistente, achei legal botar a Erundina ali do lado, a Erundina foi uma prefeita muito boa, sempre pautou pela honestidade, boas ideias. Lembrei bem da minha avó. Parece que você tá fazendo a campanha do lado da sua vó. E não tem coisa mais legal que a imagem da avó. E a Erundina inspira, realmente, honestidade. É legal”, declarou o jornalista.

Ainda antes de introduzir a primeira pergunta, que seria sobre o crescimento de Boulos na pesquisa, Datena prosseguiu com os elogios: “A sua história é muito legal, já contamos aqui”, disse, falando ainda sobre sua amizade com o pai do psolista, o infectologista Marcos Boulos.

O apresentador ainda deu “parabéns” pelos 14% de Boulos no Datafolha e disse que alcançar tal número em uma corrida pela prefeitura de São Paulo “não é brincadeira” e que isso deve estar “assustando os da frente”.

Ao longo da conversa, Datena procurou dar abertura para que Boulos desmistificasse a visão pejorativa que parte da direita tem sobre a luta dos sem-teto.

Publicidade

“Uma coisa é invadir a casa como um bandido faz, outra coisa é criar espaços habitáveis para que as pessoas morem”, afirmou o apresentador antes mesmo de Boulos responder.

Como se não bastasse, ao final da entrevista, quando o psolista disse que sua campanha “está fazendo o bolo crescer”, Datena ainda sugeriu um slogan: “Boulos tem a receita para São Paulo. Já usou essa?”, disse, aos risos.

Publicidade

Assista.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR