Filho de Gonzaguinha denuncia uso ilegal de música do pai em campanha de bolsonarista em Cuiabá

No jingle, Abílio Brunini comete plágio do samba de Gonzaguinha, que lutou contra a ditadura, colocando o nome e o do vice, Felipe Wellaton, na letra

Daniel Gonzaga foi às redes sociais nesta quarta-feira (28) denunciar o uso ilegal da música “Eu acredito é na rapaziada”, que foi composta pelo pai, Gonzaguinha, na campanha do candidato bolsonarista a prefeitura de Cuiabá, Abílio Brunini, do Podemos.

“Alo @oficial_tremt Já mandei email, sem resposta. Tem candidato utilizando a música de minha editora, sem autorização. “Eu acredito e na rapaziada” é a música, em Cuiabá. Podem me retornar, por favor? @podemos19 pode fazer a gentileza de passar o telefone correto?”, tuitou Daniel.

Vereador na capital matogrossense, Abílio coleciona polêmicas na cidade e se lançou candidato a prefeito se gabando pelo fato de ser de direita e ter sempre apoiado Bolsonaro.

No jingle, o candidato do Podemos comete plágio do samba de Gonzaguinha, que lutou contra a ditadura, colocando o nome e o do vice, Felipe Wellaton, na letra.

https://www.facebook.com/abilioewellaton/videos/366475481366762/

Machismo
Durante debate no dia 15 de outubro, o candidato bolsonarista fez um ataque machista à sua oponente, Gisela Simona (Pros), dizendo que ela é “uma excelente participante da disputa eleitoral, mesmo sendo mulher”.

Gisela pediu direito de resposta por se sentir atacada, o que foi negado pela direção da emissora. Ao saber do pedido, Abilio deu uma declaração ainda mais preconceituosa: “Parabéns ao marketing da candidata que se apoiou numa falha da minha comunicação. Parabéns, continue usando esse tipo de recurso de marketing para justificar a falta de propostas […] Gisela, não precisa ficar nervosa e gritar, se não tiver resposta. Quem é chamado de louco, sou eu”, ironizou.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR