quinta-feira, 22 out 2020
Publicidade

Marqueteiro de Temer é escalado para ser elo entre campanha de Russomanno e Secom de Bolsonaro

Elsinho Mouco teve aval de Michel Temer para embarcar na campanha de Russomanno por indicação do ministro das Comunicações, Fabio Faria (PSD-RN), genro de Silvio Santos

Autor do polêmico slogan “O Brasil voltou, 20 anos em 2” no governo golpista de Michel Temer, o marqueteiro Elsinho Mouco está de volta ao Palácio do Planalto, desta vez para ouvir conselhos do secretário-executivo do Ministério das Comunicações (Secom), Fabio Wajngarten, na condução da campanha de Celso Russomanno (Republicanos) à prefeitura de São Paulo.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, Mouco foi indicado pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), genro de Silvio Santos, após Jair Bolsonaro apontar falhas na comunicação de Russomanno e solicitar uma blindagem contra os adversários para apoiar o deputado e ex-apresentador na disputa paulistana.

Wajngarten e Mouco estavam juntos na última segunda-feira (5), quando Bolsonaro selou o apoio a Russomanno. O Secom reclamou da falta de uma “identidade visual” para o candidato e sugeriu a associação total à imagem do presidente.

Os conselhos resultaram, por exemplo, no jingle da campanha de Russomanno, que cita Bolsonaro três vezes. “Com Russomanno e Bolsonaro, quem ganha é a nossa cidade”.

Trabalhando há mais de 15 anos com Temer, Mouco só teria aceitado o trabalho após o aval do ex-presidente golpista.

Nesta segunda-feira, na base área de Congonhas, estive com o Presidente Jair Bolsonaro

Fiquei muito feliz com o encontro. É sempre bom rever meu velho amigo. Presidente, obrigado por se colocar à disposição e pelo apoio a minha candidatura a prefeito de São Paulo…..#Russomanno #AgoraéNossaVez

Publicado por Celso Russomanno em Segunda-feira, 5 de outubro de 2020
Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.