Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de abril de 2019, 08h41

Elio Gaspari diz que conceder prisão domiciliar a Lula seria um gesto de pacificação histórico

"Afinal, no ano passado 45% dos eleitores, não podendo votar nele, votaram no seu candidato”, lembra o jornalista

Lula (Foto: Ricardo Stuckert)

O colunista Elio Gaspari afirmou, em sua coluna na Folha desta quarta-feira (3), que conceder prisão domiciliar para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria um gesto de pacificação histórico.

Gaspari lembra que no próximo domingo Lula completará um ano na prisão. “Sua situação é inédita na história do Brasil e essa circunstância sobrepõe-se aos aspectos jurídicos, porque a decisão dos magistrados um dia será uma nota de pé de página na narrativa de um fato maior”, afirma.

Após dar uma série de exemplos históricos, o jornalista lembra que “Lula encarcerado não faz bem à história do país, como não faz bem a lembrança de que João Goulart morreu na Argentina depois de 12 anos de desterro”.

Em uma referência clara ao presidente Jair Bolsonaro, seu filhos e correligionários mais próximos, Gaspari lembra que “para quem vive com a cabeça quente, Lula deve ‘apodrecer na cadeia’. Quando as cabeças esfriam, as coisas voltam para seu lugar”, adverte.

Ao defender a transferência de Lula para o regime de prisão domiciliar, o colunista dá as condições: “Nele só poderia receber um número fixo de visitantes. (Em 2017, quando Marcelo Odebrecht passou a cumprir a pena em casa, tinha direito a 15 visitantes previamente listados.)”, recorda.

Ao final, arremata: “Lula em casa seria um gesto de pacificação histórica. Afinal, no ano passado 45% dos eleitores, não podendo votar nele, votaram no seu candidato”, encerra.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum