Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de dezembro de 2019, 08h21

Em 2019, PF de Moro e Bolsonaro deu 44 mil autorizações de posse de armas a cidadãos comuns

O recorde registrado sob o governo de Bolsonaro representa uma média de cinco armas vendidas por hora

Sérgio Moro e Jair Bolsonaro - Foto: Marcos Corrêa/PR

A Polícia Federal, sob domínio do ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou a posse de 44.181 armas de fogo em 2019 para cidadãos comuns, maior número desde 2010. O recorde registrado sob o governo de Jair Bolsonaro representa uma alta de 24% em relação ao ano passado.

Portanto, o Brasil vendeu cinco armas por hora a cidadãos comuns em 2019, média que vem aumentando ao longo dos anos. Em 2018, por exemplo, o número de armas registradas era de 35.758, o maior até então, com uma média de quatro armamentos vendidos por hora. Ainda, os estados com os maiores crescimentos percentuais de aquisições de armas foram Tocantins (645%), Mato Grosso do Sul (241%) e Mato Grosso (219%).

O número de pessoas com autorização para porte de armas, ou seja, para andar armado, também aumentou durante o governo de Jair Bolsonaro. Na comparação com 2018, o crescimento foi de 4%, de 2.961 para 3.090. Os maiores aumentos percentuais ocorreram em Paraíba (246%), Maranhão (200%) e Sergipe (156%).

Levantamento obtido pelo jornal O Globo leva em consideração apenas os registros de armas para pessoas físicas, excluindo, por exemplo, aquisições de órgãos públicos e empresas de segurança e também dos CACs (colecionadores, atiradores e caçadores), cujo registro é feito pelo Exército.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum