Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de maio de 2019, 09h51

Em artigo, Tabata Amaral fala em renúncia ou impeachment de Bolsonaro como saídas para a crise

“Estamos vivendo os impactos reais de uma guerra ideológica que destrói o que há de mais sólido no nosso país, como é o caso na educação”, afirma a deputada

Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) publicou artigo na Folha, desta segunda-feira (20), onde afirma que muitas vezes, após o segundo turno, externalizou “o temor que tinha da guerra ideológica sem fim que desde o início Jair Bolsonaro dava mostras de querer empreender”.

Para ela, se Bolsonaro “não conseguisse responder aos anseios daqueles que o elegeram —que não queriam propostas mas sim dar vazão à repulsa que sentiam da política e dos políticos—, essas mesmas pessoas, inflamadas pelas teorias conspiratórias de Olavo de Carvalho e seus seguidores, passariam a questionar a própria democracia e suas instituições”.

A deputada afirma que foi exatamente o que aconteceu: “Nos primeiros meses de governo, redes bolsonaristas começaram uma série de ataques ao Supremo Tribunal Federal, conclamando pessoas a ocuparem as ruas contra o STF.”

As batalhas se seguiram, segundo ela “e, para preocupação de todos, contra os militares, a coluna mestra de apoio”, disse, além de ressaltar também “os notórios confrontos com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia”.

Após ressaltar que a economia do Brasil está próxima de uma depressão, Tabata chama a atenção para as investigações contra Flávio Bolsonaro, que estão avançando. Além disso, ela afirma que “milhares de pessoas foram às ruas em defesa da educação, e o governo parece cada vez mais longe não apenas de dialogar com o Congresso mas também com sua base”.

A deputada ressalta que “nós, brasileiros, precisamos de mais e não de menos democracia, de mais e não de menos pensamento crítico, de instituições mais e não menos fortes. Estamos vivendo os impactos reais de uma guerra ideológica que destrói o que há de mais sólido no nosso país, como é o caso na educação”.

Ao final, ela vaticina: “Em um Brasil tão machucado social e economicamente, já não há espaço para fantasiosas teorias da conspiração. Se Bolsonaro persistir nesse caminho, a história só aponta dois resultados possíveis: renúncia ou impeachment”.

Leia o artigo completo na Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum