Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de outubro de 2018, 10h09

Em caso de derrota não teria o que fazer, diz Bolsonaro ao jornal O Globo

Sobre o ato #elenão, Bolsonaro disse que viu só um "certo vulto no Rio de Janeiro e em São Paulo" e que "são apenas minorias contra mim".

Arquivo

Em entrevista por telefone ao jornalista Thiago Prado, do jornal O Globo, Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, disse que foi mal interpretado sobre a fala de que não aceitaria “o resultado das eleições diferente da minha eleição”, proferida em entrevista a José Luiz Datena na última sexta-feira (29).

“Sei que não tenho nada para fazer (em caso de derrota). O que quis dizer é que não iria, por exemplo, ligar para o Fernando Haddad depois e cumprimentá-lo por uma vitória”, disse Bolsonaro a’O Globo, confirmando que “se tiver segundo turno, vai ser o Haddad que vamos enfrentar”.

Mulheres contra Bolsonaro
O militar reformado também minimizou o ato #elenão, que aconteceu em centenas de cidades do Brasil e do mundo, contra a sua candidatura.

“Sobre as manifestações de ontem, só vi um certo vulto no Rio de Janeiro e em São Paulo. No resto do Brasil foi um desastre. São apenas minorias contra mim, não existe isso de rejeição de eleitorado feminino ao meu nome”, afirmou, ignorando pesquisas que apontam que sua maior taxa de rejeição é entre as mulheres.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum