Em debate na Band, Boulos denuncia aproximação de França com Bolsonaro

O candidato do PSB, no entanto, ignorou o trecho da pergunta de Boulos em que o psolista denunciou sua aproximação com o presidente

No primeiro debate entre os candidatos à prefeitura de São Paulo, realizado pela Bandeirantes na noite desta quinta-feira (1), Guilherme Boulos (PSOL) queria fazer uma pergunta a Celso Russomanno (Republicanos), mas pelas regras o candidato bolsonarista não poderia mais receber perguntas, então o psolista dirigiu sua questão a Márcio França (PSB).

Boulos questionou França sobre uma declaração do candidato com relação à violência contra a mulher e o apoio que ele vinha buscando do presidente Jair Bolsonaro. “Márcio França, em abril de 2018, você disse que a polícia não tem que se envolver com a violência contra a mulher. Agora você foi correr atrás do Bolsonaro, o que é lamentável. Sua política é essa, lavar as mãos em relação à violência contra a mulher?”, perguntou o líder do MTST.

Em sua reposta, França ignorou completamente o fato de, há alguns meses, ter buscado uma aproximação com o presidente, e disse que a fala sobre violência contra a mulher reproduzida por Boulos seria fake news.

“Acho engraçado que você corrobora com fake news. Onde você viu isso? A PM tem como função se relacionar com desentendimentos. Não precisaríamos de policiais para fazer isso”, respondeu França, dizendo que sua fala sobre o assunto foi tratada com “malícia”.

Boulos, então, rebateu: “Ninguém precisa acreditar em mim, só dar um Google que vocês vão ver tudo. Meu compromisso é com as mulheres. Ampliando a patrulha Maria da Penha. Articulando com casa de acolhimento. Mulheres violentadas não são números, são vidas”.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR