O que o brasileiro pensa?
10 de setembro de 2019, 09h50

Em discurso contraditório, Luciano Huck elogia política econômica de Bolsonaro, mas diz que “país vai implodir”

O apresentador chegou a dizer que é papel do Estado diminuir a desigualdade do país. No entanto, disse também que a economia neoliberal de Bolsonaro "está correta"

Luciano Huck e Bolsonaro (Montagem)

Durante o Exame Fórum, evento da revista Exame, na tarde desta segunda-feira (9) o apresentador da Globo, Luciano Huck, fez longo pronunciamento sobre a desigualdade que já acompanhou pelo país através de ações de seu programa, Caldeirão do Huck, e chamou a atenção inúmeras vezes sobre a necessidade da elite brasileira de deixar de ser passiva e contribuir com mudanças sociais, se não o país vai “implodir”. No entanto, em determinado momento, Huck se contradiz e diz que a agenda econômica neoliberal de Jair Bolsonaro (PSL) é correta e que “as pessoas querem que avance”.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Durante a palestra, Luciano Huck sustentou a ideia de que sua principal bandeira social é a luta contra a desigualdade. E chegou atribuir ao Estado este papel. “Quem tem o poder de mexer no ponteiro da desigualdade é o Estado, mas não quis me aproximar mais, não estou em partido”, disse. “Podia fingir que não era comigo e ficar no aquário do Projac como um peixinho bem alimentado ou poderia me jogar no oceano”, acrescentou, se vangloriando.

Luciano disse que escolheu a segunda opção – de se jogar no oceano – e explicou que não se associou a partidos políticos, como chegou a ser comentado no período pré-eleitoral no ano passado, preferindo apoiar movimentos cívicos. No entanto, não deixou de elogiar o governo neoliberal de Jair Bolsonaro (PSL), que tem anunciado diversos cortes no orçamento de programas sociais, como Minha Casa Minha Vida, Fies e Bolsa Família. Além disso, por ser de direita, Bolsonaro é inimigo declarado da máquina estatal e tem como um de seus principais discursos o “esvaziamento” do Estado.

“A agenda econômica desse governo é correta, as pessoas não estão torcendo contra, querem que avance. Se melhorar, ótimo. Mas a questão é que a enormidade do país que não depende só disso, de crescimento do Produto Interno Bruto. Depende de serviços e de proteção social”, declarou o apresentador.

Liberalismo econômico
Aliado do pensamento liberal econômico, Luciano Huck tem atuado na política, esquivando-se de ser identificado em bandeiras partidárias. Porém, todos os movimentos dos quais faz parte defendem a adoção de uma política liberal no país em uma sociedade meritocrática – bem diferente dos quadros de seu programa, que dão auxílios pontuais a pessoas que se propõem a participar de “provas” propostas por ele.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum