O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 17h32

Em evento no Planalto, Bolsonaro se cala sobre demissão de Decotelli e toma “chega pra lá” de Maia

O presidente elogiou os 23 ministros do governo, sem mencionar a saída do chefe do Ministério da Educação

Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro participou de cerimônia sobre a expansão do auxílio emergencial na tarde desta terça-feira (30) logo após se reunir com o ex-ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli – que confirmou que apresentou pedido de demissão. Em curto discurso, o presidente rasgou elogios ao Congresso e não comentou sobre a queda de mais um ministro.

“Estou muito feliz com essa equipe que eu tenho de ministros, obrigado a vocês [Onyx Lorenzoni e Paulo Guede], bem como aos demais 21 ministros”, disse o presidente logo no início do seu discurso. O elogio aos ministros foi feito minutos depois de ter, segundo a CNN Brasil, aceitado a demissão de Decotelli.

Na fala, Bolsonaro ainda exaltou os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que participaram da cerimônia e assinaram a prorrogação do benefício – que agora vai ter mais duas parcelas de R$600. Bolsonaro era contra a extensão em valor integral, mas sofreu pressão do Congresso.

O presidente ainda passou por uma desompostura. Logo após Maia e Alcolumbre assinarem o documento, Bolsonaro puxou os dois para uma foto. Maia negou em razão das recomendações de distanciamento social por conta da pandemia do novo coronavírus.

Assista, no minuto 41:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum