Fórumcast #19
26 de março de 2019, 12h09

Em meio à crise no Planalto, Bolsonaro tira a manhã para ir ao cinema com Michelle

A diversão, fora da agenda oficial, fez com que o presidente começasse o expediente somente às 11h30. Presente na sessão, Damares Alves disse que o casal se emocionou com o filme "Superação, o Milagre da Fé"

Bolsonaro e Michelle (Reprodução/Youtube)

Em meio à crise instalada na articulação com o Congresso Nacional, que dificulta cada dia mais a tramitação de pautas governistas na casa, Jair Bolsonaro (PSL) tirou a manhã desta terça-feira (26) para ir ao cinema com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro. A diversão, fora da agenda oficial, fez com que o presidente começasse o expediente somente às 11h30.

Segundo reportagem de Gustavo Uribe e Talita Fernandes, na Folha de S.Paulo, Bolsonaro foi à pré-estreia do filme “Superação, o Milagre da Fé”, em um shopping da capital federal. A presença do presidente na sessão de cinema foi uma sugestão da primeira-dama, que é evangélica e atuava como tradutora de libras em sua igreja.

Bolsonaro e Michelle chegaram ao cinema por volta das 9h, e a atração foi apenas para convidados. Como havia na plateia jovens surdos, o filme foi adaptado.

A ministra da Mulher, Damares Alves, também acompanhou a sessão. Segundo ela, o filme foi “espetacular”, e o casal presidencial se emocionou. “É um filme totalmente inclusivo. Cinema cheio de surdos, surdos se emocionando. Mãe surda com filho surdo podendo assistir a um filme”, disse a ministra, que acrescentou que compareceu a convite da primeira-dama. ​

Veja também:  Jones Manoel: “A classe trabalhadora está no seu pior momento em 100 anos”

Inspirado em uma história real, o filme conta a história de John Smith, 14, que se afogou no lago St. Louis, nos Estados Unidos, e foi considerado morto ao chegar no hospital. Sua mãe, Joyce Smith, inicia orações para que o filho sobreviva e acontece um milagre.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum