Fórum Educação
17 de março de 2020, 14h35

Em meio à pandemia, bolsonaristas estariam convocando novos atos no aniversário do golpe militar

As mobilizações estão sendo convocadas para o dia 31 de março em frente aos quartéis. O objetivo é o mesmo do dia 15: fechar Congresso e o STF

Reprodução

Mesmo com os protestos do dia 15 de março gerando críticas em diversos setores da sociedade, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro voltaram a mobilizar manifestações em favor do ex-capitão. O ato será realizado em 31 de março – aniversário do golpe de 1964 – com pautas contra o Congresso e o Judiciário.

“Agora é guerra, agora é na frente dos quarteis”, diz uma das imagens compartilhadas nas redes bolsonaristas.

Segundo a jornalista Vera Magalhães, do Estado de S. Paulo, listas de transmissão do WhatsApp e perfis fakes estão insuflando esses atos. “O número de origem de uma das listas de transmissão é + 39-334 386 4421. O prefixo 39 é de telefones na Itália”, aponta Magalhães.

Nas imagens compartilhadas aparecem hashtags contra o Congresso e o Supremo. A pauta contra os dois poderes apareceu também nos atos do dia 15 e geraram irritação nos presidentes da Câmara e do Senado em razão da participação de Bolsonaro.

” O Presidente da República deveria estar no Palácio coordenando um gabinete de crise para dar respostas e soluções para o país. Mas, pelo visto, ele está mais preocupado em assistir às manifestações que atentam contra as instituições e a saúde da população”, criticou Maia pelo Twitter, destacando a postura de Bolsonaro diante do surto do novo coronavírus.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum