Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de abril de 2019, 07h43

Em meio a tumulto, assessora de Guedes mandou encerrar a sessão da CCJ e foi retida pela polícia legislativa

Daniella Marques Consentino - que é chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do ministério da Economia e braço direito de Guedes - só foi liberada após intervenção do procurador-geral da Fazenda José Levi, e o secretário da Previdência e Trabalho Rogério Marinho

Paulo Guedes causou tumulto na CCJ (Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

Assessora especial do ministro Paulo Guedes, Daniella Marques Consentino, foi a responsável pelo encerramento da sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta quarta-feira(4) em meio à troca de farpas entre o chefe e o deputado Zeca Dirceu (PT/PR).

Diante da inércia do deputado Felipe Francischini (PSL), Daniella pressionou o parlamentar, que é presidente da Comissão, a encerrar a sessão dizendo a ele que “nada sobre constitucionalidade estava sendo debatido ali”. A conversa vazou no microfone, segundo informações da coluna Painel, de Daniela Lima, na edição desta quinta-feira (4) da Folha de S.Paulo.

A assessora do ministro ainda foi retida pela Polícia Legislativa ao tentar impedir a deputada Maria do Rosário (PT/PR) de falar com Guedes, segundo informações de Bela Megale, no jornal O Globo. Como Daniella não quis se identificar, a parlamentar petista pediu que a Polícia Legislativa a retesse.

Daniella – que é chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do ministério da Economia e braço direito de Guedes – só foi liberada após intervenção do procurador-geral da Fazenda José Levi, e o secretário da Previdência e Trabalho Rogério Marinho.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum