Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de junho de 2019, 19h47

Em novo ataque do governo, Capes anuncia corte de 2,7 mil bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado

“O novo corte da Capes afetará principalmente Norte e Nordeste, áreas com maior número de cursos 3 e 4, devido às maiores dificuldades financeiras”, diz a Associação Nacional de Pós-Graduandos

Foto: Agência Brasil

O desmonte na Educação promovido pelo governo de Jair Bolsonaro continua. A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes) anunciou, nesta terça-feira (4), o corte de mais 2,7 mil bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

Os cortes atingem cursos com conceito nota 3 e valem para bolsas que seriam futuramente concedidas. O bloqueio não alcança estudantes que atualmente recebam o benefício.

Serão cortadas: 2.331 bolsas de mestrado, 335 de doutorado e 58 de pós-doutorado.

Com o segundo anúncio de cortes, a Capes reduziu um total de 6.198 bolsas, desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência. O novo bloqueio significa uma redução de R$ 4 milhões em 2019 e, até 2020, deve representar R$ 35 milhões.

Críticas

A Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), por meio de nota, fez críticas à decisão. “O novo corte da Capes afetará principalmente Norte e Nordeste, áreas com maior número de cursos 3 e 4, devido às maiores dificuldades financeiras. A medida agrava ainda mais a concentração da pesquisa no centro-sul e perpetua as desigualdades regionais do país”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum