Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de julho de 2019, 07h12

Em palestra na Fiec, quando se hospedou no Beach Park, Dallagnol falou que “ter heróis na Lava-jato é péssimo”

Tratado como celebridade na Fiec, Dallagnol teve espaço até em colunas sociais de Fortaleza. Em mensagens vazadas, o procurador insiste para que Moro aceite convite da entidade empresarial, que lhe pagou R$30 mil, além de passagem e hospedagem para toda a família

Deltan Dallagnol em evento na Fiec (Foto: Divulgação)

Em mensagens divulgadas nesta terça-feira (16) pela colunista Mônica Bergamo, o procurador Deltan Dallagnol aparece conversando com Sérgio Moro sobre palestra que concedeu na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e sugerindo que ele faça o mesmo. Na ocasião, em julho de 2017, o membro do MPF foi tratado como celebridade e defendeu que todos tem o papel de herói.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“É necessário que paremos de falar que os nossos representantes não nos representam. Nós ficamos esperando heróis que nos salvem e isso de ter heróis na Lava-jato é péssimo, porque nos faz ficar sentados esperando que os heróis nos salvem. Ficamos na posição de vítima. Só vamos conseguir alcançar um Brasil melhor se formos autores da própria história”, disse o procurador em tom motivacional.

A presença de Dallagnol no Fórum Industrial “Ideias em Debate”, da Fiec, rendeu até mesmo espaço em coluna social. Com entusiasmo, Márcia Travessoni, colunista do Diário do Nordeste, repercutiu a participação do procurador no evento que reuniu cerca de 500 pessoas.

Veja também:  Itamaraty censura informação sobre política de gênero do governo à associação LGBT

Nas mensagens, o membro do MPF aparece comentando com Moro que recebeu cerca de R$30 mil da Fiec além de passagem e hospedagem para ele e a família no Beach Park de Fortaleza. “Eu pedi pra pagarem passagens pra mim e família e estadia no Beach Park. As crianças adoraram. Além disso, eles pagaram um valor significativo, perto de uns 30k [R$ 30 mil]. Fica para você avaliar”, disse.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum