No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
01 de janeiro de 2019, 10h02

Em posse relâmpago, Doria promete “menos governo, menos estado, menos estatais”

Em discurso, que defendeu a "redução do Estado", governandor de São Paulo fez acenos a Bolsonaro. "Nosso governo não vai virar as costas para o Brasil. Vamos apoiar as iniciativas do presidente Jair Bolsonaro."

Reprodução/TV Globo

Em cerimônia relâmpago, de cerca de 45 minutos, João Doria (PSDB) tomou posse no governo de São Paulo na manhã desta terça-feira (1º) com discurso de “redução do Estado” e acenos ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). A curta cerimônia, ocorrida na Assembleia Legislativa de São Paulo (Ales) se deu justamente pela viagem do governador à Brasília, onde participará da posse do capitão da reserva.

Em seu discurso, Doria disse que A população quer um governo “eficiente e de resultados”. “Menos governo, menos estatais, menos privilégios, mais educação, mais saúde, mais emprego”, prometeu o tucano.

Doria disse que deve acompanhar Bolsonaro no Fórum Econômico Mundial, que acontece entre os dias 22 e 25 de Janeiro, em Davos, na Suíça, e fez afagos ao capitão. “Nosso governo não vai virar as costas para o Brasil. Vamos apoiar as iniciativas do presidente Jair Bolsonaro.”

Dória, que provocou um racha no PSDB, também afirmou que vai defender mudanças na legenda para que o partido esteja “sintonizado com o novo Brasil”. “Defendo uma reestruturação no meu partido. Nós temos que ter a coragem de mudar, de sintonizar. Transformar não significa desrespeitar a história do PSDB, sobretudo aquela escrita por Franco Montoro, Fernando Henrique Cardoso, Mario Covas, Geraldo Alckmin”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum