Fórum Educação
14 de Maio de 2020, 17h34

Em reunião com ministros, Bolsonaro sugeriu armar população contra governadores, diz colunista

Na mesma reunião, presidente da Caixa teria dito que pegaria "suas 15 armas" contra as medidas de isolamento social que vêm sendo impostas por prefeitos e governadores

Foto: Reprodução/Instagram Jair Bolsonaro

Nesta quinta-feira (14), em reunião com empresários e ministros, o presidente Jair Bolsonaro falou que há uma “guerra” em curso e incitou o setor empresarial a “jogar pesado” contra os governadores por conta das medidas de isolamento que vêm sendo impostas pelos mandatários estaduais.

No mês passado, no entanto, Bolsonaro já havia feito uma fala ainda mais forte com relação aos governadores.

De acordo com a coluna de Guilherme Amado, da revista Época, em reunião com ministros realizada no dia 22 de abril, o presidente teria sugerido armar a população contra os chefes do Executivo dos estados. “É muito fácil uma ditadura no Brasil”, teria afirmado o capitão da reserva ao falar sobre armar a população contra o “autoritarismo” de prefeitos e governadores.

A fala teria se dado como resposta a uma outra fala controversa do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Ele teria comentado sobre o episódio em que a ex-mulher e a filha do deputado federal Luiz Lima foram detidas no Rio de Janeiro por descumprirem as regras de isolamento social.

“Isso é absurdo. Eu tenho uma filha de 14 anos. Vou pegar minhas 15 armas. Se prendessem ela e botassem no camburão, ou eu matava ou eu morria”, teria disparado Guimarães.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum