Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de abril de 2019, 07h59

Em São Paulo, polícia matou mais de um suspeito de roubo por dia em 2018

No total, 409 suspeitos foram assassinados. Em 64 casos, o boletim de ocorrência não informa qual crime o acusado cometeu ou tentou cometer antes da abordagem da Polícia

(Arquivo)

Reportagem de Kleber Tomaz e Léo Arcoverde nesta segunda-feira (8) no Portal G1 revela que as polícias civil e militar mataram 409 suspeitos de roubo em 2018 no estado – média de mais de 1 por dia.

Leia também: Militares do Exército que fuzilaram carro de família com 80 tiros no RJ teriam se enganado, diz delegado

Segundo levantamento feito pelo Instituto Sou da Paz, foram analisados individualmente os casos de 785 vítimas das 863 mortas no estado em 2018. Os suspeitos de assalto representam 52,1% dos casos analisados.

O levantamento aponta ainda que 92 mortes (11,7% do total) foram de suspeitos de homicídio. A terceira posição da lista de delitos atribuídos aos acusados é ocupada por porte ou posse de arma de fogo, com 70 mortes (8,9% do total).

Em 64 casos analisados pelo Sou da Paz, o boletim de ocorrência não cita nenhum outro crime além de Morte Decorrente de Intervenção Policial (MDIP), classificação dada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública para confrontos que terminam com morte. Ou seja, na prática, nesses casos, não se sabe qual crime o acusado cometeu ou tentou cometer antes da abordagem policial.

Leia a reportagem na íntegra


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum