Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de janeiro de 2020, 14h03

Em sua saga, Weintraub descobre agora que Marco Antonio Villa é tucano

Ministro da Educação, que nesta quinta-feira (23) chamou o historiador e comentarista da Rádio Jovem Pan de “boca de esgoto”, encontra no Google a ligação de Villa com o PSDB

O ministro da Educação, Abraham Weintraub (Reprodução/Twitter)

Sem muito o que fazer em uma das pastas maior volume de trabalho no governo Federal, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, deu sequência à sua saga infantil contra o comentarista da Jovem Pan, Marco Antonio Villa, nesta sexta-feira (24).

Após dizer que o historiador e comentarista político tem fama de ter mau hálito, Weintraub descobriu agora que Villa é ligado ao PSDB.

“Viva a tecnologia. Enquanto espero minha refeição ficar pronta, dou um google só de curiosidade. marco antônio villa psdb. Ora, ora, ora. E tal, e tal, e tal. Claro que deve ser só uma coincidência”, tuitou o ministro.

Mais cedo, ele havia tuitado sobre o “tratamento tapete vermelho” que a Jovem Pan dá ao PSDB e ao governador João Doria, como se o posicionamento político da emissora fosse novidade.

“Hoje, escutei o Jornal da Manhã da JP. Não conseguem mais disfarçar, parece piada. Tratamento tapete vermelho para o governador Doria. Colchãozinho total para o PSDB. Só faltou “fale sobre as maravilhas de sua gestão…” e oferecerem creme de papaia com licor de cassis”, escreveu, em seu peculiar tom de chacota.

Boca de esgoto
Nesta quinta-feira (23), Weintraub chamou o historiador e comentarista da Rádio Jovem Pan de “boca de esgoto”, nesta quinta-feira (23), em vídeo postado em sua conta do Twitter.

No vídeo, gravado dentro do gabinete, o ministro diz: “o que você pode esperar de uma pessoa que ninguém quer sentar perto dele?”.

Logo depois, pergunta: “será que é só essa coisa carregada ou tem a fama de mau hálito também? Se for mau hálito, eu não vou lá enquanto ele estiver, mas, pras próximas pessoas que quiserem passar pelo suplício de uma entrevista, tem que usar um produtinho que talvez melhore. Não sei se vai ser suficiente, boca de esgoto”, e mostra um enxaguante bucal.

“Se não conseguir, aqui ó, água sanitária”, encerra o ministro da Educação.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum