Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de julho de 2018, 12h40

Em troca de apoio, Alckmin promete “contribuição sindical negocial”

Durante reunião com o deputado federal Paulinho da Força, tucano faz a oferta para ganhar mais um partido em sua aliança

Foto: Agência Brasil

Geraldo Alckmin, pré-candidato à presidência da República pelo PSDB, na ânsia de ganhar mais força na sua candidatura, prometeu a criação de uma “contribuição sindical negocial”, caso seja eleito. Em troca, deverá receber o apoio do deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (Solidariedade-SP), líder da Força Sindical. O assunto foi tratado durante reunião entre ambos. Paulinho registrou o acordo em sua rede social, segundo informações do Valor e do blog do Josias, no UOL.

“Detalhamos a nossa proposta relativa à contribuição para negociação coletiva. Propusemos que ela seja aprovada em assembleias de trabalhadores com pelo menos 20% da categoria, e descontada de todos os beneficiados pelo acordo”, postou no Facebook.

Alckmin tenta agradar aos sindicatos, que lutam pela volta da contribuição sindical obrigatória e, com a proposta, pretendeu desfazer um mal-estar entre ele e o deputado, que flertava com a candidatura de Ciro Gomes (PDT). Além disso, depois do apoio do centrão, o tucano deseja aumentar ainda mais seu tempo de propaganda na TV.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum