Entrevista exclusiva com Lula
29 de março de 2018, 19h36

Em visita ao Senado francês, Ciro Gomes denuncia: “Há uma escalada protofascista no Brasil”

Ao comentar os ataques à caravana de Lula, o presidenciável cita o exemplo de Alckmin: “Ao invés de pura e simplesmente condenar, que é o que se impõe a qualquer democrata, afirmou que o PT está colhendo o que plantou”

Em entrevista a Elcio Ramalho, da RFI, durante visita ao Senado francês, em Paris, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) avaliou a situação política nacional e o atentado sofrido pelos integrantes da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Paraná. “Há uma escalada protofascista no Brasil, animada fundamentalmente na Internet”, diz Ciro. “Ela é estimulada por alguns quadros da política brasileira. Uma parte relevante da direita brasileira começa a fazê-lo, mesmo sem uma vontade explícita de que isso aconteça”, acredita.

“Parte [da direita] é protofascista mesmo, e outra parte permite isso. Veja o exemplo do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que, ao invés de pura e simplesmente condenar [o ataque à caravana de Lula], que é o que se impõe a qualquer democrata, afirmou como primeira reação que o PT está colhendo o que plantou”, relata. “Nada justifica isso, por mais antagonismo que haja. Eu, por exemplo, tenho muitos antagonismos recentes com parte da burocracia do PT e com parte de seu comportamento estratégico, mas não é razoável aceitar que a bala, a pedra e a violência substituam o argumento no debate político”, destaca.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum