Empresa cria Bozobag, saco com a rosto de Bolsonaro para coletar cocô de cachorro

O site exibe avisos como: "esses saquinhos são para você que também já cansou do presidente cagando no nosso país e tem vontade de esfregar a cara dele no cocô do cachorro"

Uma marca criou um saco que ela chamou de Bozobag para coletar cocô de cachorro com a rosto do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ). A empresa diz em seu site que “os saquinhos são usados como uma forma de protesto contra a situação atual do nosso país”.  

O site exibe avisos como: “esses saquinhos são para você que também já cansou do presidente cagando no nosso país e tem vontade de esfregar a cara dele no cocô do cachorro” e “Garanta o seu antes que os minions derrubem esse site!”. 

A descrição do produto diz: “Mostre toda sua indignação com o governo atual fazendo a coisa certa, coletando cocô de seu pet com a cara do responsável”. O fabricante garante ainda que o produto é feito com material resistente, 100% reciclado e “à prova de vazamentos para você não ter que se preocupar. Afinal, o governo já te dá muita dor de cabeça”, diz a descrição.

O idealizador dos saquinhos, Leonardo Medeiros, diz que teve a ideia surgiu após ver um saco similar com o rosto do Trump. “Quando vimos isso (o saco com rosto do Trump) decidimos idealizar um saco nesse modelo com o presidente Bolsonaro para criticar o que ele representa e garantir representatividade e formas inovadoras de protestar”, diz. 

O empresário disse ainda que a quantidade de críticas e elogios que recebe se equivalem. “Muitos bolsominions (termo como contrários ao presidente se referem ao apoiadores dele) ficam exaltados quando descobrem a página, falam de tudo nos comentários. Mas recebemos muitos elogios e apoio também. O mais interessante é que criamos um lugar para discutir”, diz.

Procurado para comentar o caso, o Palácio do Planalto não respondeu à reportagem.

Com informações de O Dia

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR