Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de fevereiro de 2020, 12h48

Entenda como Bolsonaro e Guedes estão privatizando a Petrobras de forma disfarçada

Nesta quarta-feira (5), o BNDES vendeu R$ 22 bi em papéis da Petrobras, a maior oferta da década

Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes - Foto: Marcos Corrêa/PR

Em greve desde o último sábado (1), trabalhadores da Petrobras têm somado forças para resistir à política de desmonte da petrolífera estatal pelo presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes. O alarde dos servidores cumpre um papel essencial, visto que bate de frente com a principal tática utilizada pelo governo, que é a de vender a empresa de forma fatiada, silenciosa e disfarçada.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) protagonizou nesta quarta-feira (5) a maior oferta de ações da década no país com a venda de seus papéis da Petrobras. O valor acumulado chegou a R$ 22 bilhões e houve forte demanda de investidores estrangeiros.

Com a venda de ações, o governo Bolsonaro entrega a estatal aos poucos ao mercado. Apenas com o episódio desta quarta, o BNDES diminuiu sua participação na estatal de 13,6% para 8% e avançou na estratégia de esvaziar sua carteira de papéis de empresas, que supera R$ 100 bilhões.

Este tipo de transação, feita através de IPOs (sigla em inglês para oferta pública de ações), foi o mesmo modelo adotado pela direção da Petrobras que, no final de 2019, entregou ao mercado de ações 37% de sua participação na BR Distribuidora.

O mesmo modelo foi utilizado pelo governo Bolsonaro em outras ocasiões, como no caso da Caixa e do Banco do Brasil. Por sua vez, o Banco do Brasil saiu da participação que detinha na Energisa, empresa distribuidora de energia também por meio de uma IPO.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum