Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de abril de 2019, 16h00

Entidades divulgam manifesto em solidariedade ao Supremo Tribunal Federal

Documento reúne assinatura de representantes de mais de 200 sindicatos de trabalhadores, associações religiosas, além de advogados e empresários

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Mais de 200 representantes de sindicatos, bancos, associações religiosas, advogados e empresários assinaram, nesta quarta-feira (3), um manifesto em apoio à atuação do Supremo Tribunal Federal (STF).

O documento foi lido pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, durante sessão solene do tribunal.

O ato de solidariedade ocorre no momento em que a Corte começa uma ofensiva contra supostas “notícias fraudulentas”, ameaças e ofensas feitas via redes sociais e que estariam atingindo a segurança dos ministros do STF. O presidente Dias Toffoli determinou a abertura de inquérito para investigar os fatos.

Entre os signatários do manifesto estão o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz; o secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Leonardo Steiner; o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Paulo Skaf; o presidente da Febraban, Murilo Portugal; e o presidente da Força Sindical, Miguel Torres.

Vejam abaixo a íntegra do manifesto em apoio ao STF:

Representantes da sociedade civil que subscrevem este documento vêm a público reafirmar seu apoio ao Supremo Tribunal Federal, STF, e repudiar os ataques contra o guardião da Constituição da República. A harmonia e a independência entre os Poderes da República são a materialização dos desejos de segurança, liberdade, igualdade e prosperidade do povo brasileiro. Diante da crise e do desemprego que nos assola, o povo clama pela retomada do desenvolvimento econômico com mais emprego, justiça social e segurança.

O Supremo Tribunal Federal é a instância máxima da Justiça brasileira, garantidor maior dos direitos dos cidadãos, as liberdades de imprensa, de religião e de expressão, sem as quais não se constrói uma Nação. A Suprema Corte é insubstituível para o país e é dever de todos a sua defesa, pois, sem ela, nenhum cidadão está protegido. Dentro do Estado de Direito, todos se submetem ao império da lei, respeitadas as garantias constitucionais.

A discordância, a crítica civilizada e o diálogo são inerentes à democracia, tal qual o respeito e, em última instância, a solidariedade. Por isso, são inadmissíveis os discursos que pregam o ódio, a violência e a desarmonia na sociedade e contra o Supremo Tribunal Federal. Reafirmar a importância do STF é defender a Constituição e as garantias da cidadania nela contidas. A democracia e a convivência solidária não permitem um retrocesso institucional.

Com este manifesto, convidamos a sociedade brasileira a defender o Supremo Tribunal Federal como instituição permanente, estável e indispensável para a construção de um país cada vez mais justo, solidário e responsável no presente dos brasileiros e brasileiras e as gerações futuras.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum