Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
29 de novembro de 2019, 18h36

Esquema de Ciro Nogueira no Piauí para derrotar PT envolve “polarização” e aliados com dívidas

Um dos aliados do senador em 2020 teria uma dívida de R$ 10 mil com Ronaldo Lages, conselheiro do parlamentar

Foto: Agência Brasil

Foi revelado um novo áudio nesta sexta-feira (29) sobre o esquema montado pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI) para conseguir vencer as eleições municipais de 2020. Na gravação, Nogueira fala com o “conselheiro” Ronaldo Lages, policial civil condenado por vários crimes, como assassinatos e golpes, sobre as cidades em que vai focar nas eleições.

“Eu sei o que você tá querendo, você não é criança […] Do jeito que você tá querendo aí eu lhe garanto que é eu você e o [inaudíve] sentar que nós não perde em lugar nenhum. Ainda mais começando cedo assim”, diz Lages em trecho da conversa.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Luzilândia e Esperantina são as duas cidades que os dois focam na conversa. A última é governada pela petista Vilma Amorim e é tida como “a eleição mais difícil do mundo”. Como solução, os dois cogitam “polarizar” com Themistocles Filho, deputado estadual (MDB), presidente da Assembleia Legislativa do Piauí.

Em Luzilândia, o esquema envolveria o presidente da Câmara de Vereadores, Júnior Ema (PSL), que Lages trata como amigo pessoal. “Louco pra ser prefeito. Ele joga baralho comigo, vai lá em casa, é político profissional, morto de liso. Agora mesmo ele foi lá em casa e, no sacrifício, arrumei 10 mil contos pra ele e tudo. Lá em Luzilândia a gente consegue fazer”, conta.

“Estrutura”

Na quinta-feira (28) foi revelado o primeiro áudio do que tem sido chamado na imprensa piauiense de “Vaza Ciro”. Em conversa com o mesmo Ronaldo, ele  admite ser impopular e que só ganha eleições com “estrutura”.

Com informações do Piauí Hoje

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum