Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de maio de 2019, 08h36

Estudantes driblam censura de reitor da Mackenzie e lotam debate sobre Previdência com Boulos

Após o veto do reitor para sediar o evento na universidade, o debate foi realizado no bar Fraternidade 211, que cedeu o espaço. Mais de 500 pessoas estiveram presentes e muitos não conseguiram entrar devido à lotação da casa

Guilherme Boulos debate reforma da Previdência com estudantes do Mackenzie (Reprodução)

Mesmo com a censura imposta pelo reitor, Benedito Guimarães Aguiar Neto, os estudantes da Universidade Presbiteriana Mackenzie lotaram o debate sobre a reforma da Previdência com o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos.

Após o veto do reitor para sediar o evento na universidade, o debate foi realizado no bar Fraternidade 211, que fica localizado próximo a Mackenzie. Mais de 500 pessoas estiveram presentes e muitos não conseguiram entrar devido à lotação da casa.

“Bolsonaro foi convidado pela Reitoria e barrado pelos estudantes. Não deixa de ser um orgulho ser barrado pela mesma Reitoria e acolhido pelos estudantes”, publicou Boulos em sua página no Facebook.

“Fascistinha”

Durante o mês de março, depois de protesto de estudantes do Mackenzie, em que foi chamado de “fascistinha”, Jair Bolsonaro cancelou a ida ao local e transferiu a agenda para o Comando Militar do Sudeste. O fato foi lembrado por Boulos.

Depois disso, em abril, a reitoria do Mackenzie, arbitrariamente, censurou a participação das editoras Boitempo e Contracorrente na Feira de Livros, organizada pelo Centro Acadêmico João Mendes Jr.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum