Fórumcast #20
23 de janeiro de 2019, 09h36

“Eu vou falar um pouco mais de seis minutos”, diz Haddad em Lisboa ao ironizar Bolsonaro

“O Brasil nunca foi tão mal representado num fórum internacional. Ele mal conseguia falar o que tinha ido dizer”, disse ainda Haddad

Foto: Reprodução

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, antes de se pronunciar no debate Democracia e perda de direitos no Brasil, nesta terça-feira (23), na Casa do Alentejo, em Lisboa, ironizou o discurso do presidente Jair Bolsonaro no Fórum Econômico Mundial, em Davos:

“Eu vou falar um pouco mais de seis minutos. É o padrão estabelecido pela Presidência da República atual”, disse Haddad, seguido de risos e aplausos.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Durante a sua fala, Haddad disse que o governo de Jair Bolsonaro pode ser avaliado pelo discurso feito pelo atual presidente da República em Davos, Suíça, no Fórum Econômico Mundial.

“(Fora do país) as pessoas estão perplexas em relação ao Brasil. Há uma discrepância entre o que é veiculado pela imprensa no Brasil e o que é veiculado fora. Basta ver a repercussão do discurso de Davos hoje, na imprensa internacional e na local. Na imprensa local, estamos quase diante do discurso de um estadista”, ironizou. “Na imprensa internacional, a frustração é enorme. O Brasil nunca foi tão mal representado num fórum internacional. Ele mal conseguia falar o que tinha ido dizer.”

Veja também:  Assessor 2 a Dallagnol: Tudo o que você não precisa é ser associado ao Bolsonaro, "por favorzinho"

Em outro momento, acrescentou: “Não temos meios de comunicação imparciais que tenham compromisso com a verdade a todo custo. A maioria dos meios de comunicação são laudatórios do governo atual”.

discurso curto, raso e sem detalhes de Jair Bolsonaro no Fórum Econômico Mundial nesta terça-feira (22) em Davos, na Suíça, soou como um verdadeiro fiasco. No final da plenária em que o presidente brasileiro discursou, a principal crítica veio de ninguém menos que o prêmio Nobel de Economia em 2013, Robert Shiller, considerado um dos maiores economistas do mundo.

“Ele me dá medo. O Brasil é um país grande e merece alguém melhor”, disse o economista a um repórter do jornal Valor, para a decepção da comitiva brasileira, já que Bolsonaro reforçou em seu discurso o interesse em atrair investidores para o país.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum