Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de janeiro de 2019, 13h22

Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras

Almirante de esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira recebeu a indicação para presidir o Conselho de Administração da empresa

Foto: Divulgação/Marinha

O governo de Jair Bolsonaro indicou três novos membros para o Conselho de Administração da Petrobras e mais um militar deverá receber um cargo na gestão do atual presidente. Eduardo Bacellar Leal Ferreira, ex-comandante da Marinha e almirante de esquadra, foi indicado para a presidência do conselho.

Além dele, foram indicados o ex-presidente da Agência Nacional do Petróleo, John Milne Albuquerque Forman; e o economista João Cox, de acordo com informações de Nielmar de Oliveira, da Agência Brasil.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A nova composição do Conselho de Administração da empresa, depois de aprovadas as indicações, manterá o percentual mínimo de 40% de membros independentes, em observância ao Estatuto Social da companhia.

“As referidas indicações ainda serão submetidas aos procedimentos de governança corporativa da Petrobras, incluindo as respectivas análises de conformidade e integridade requeridas pelo processo sucessório da companhia, com apreciação pelo Comitê de Indicação, Remuneração e Sucessão, e pelo Conselho de Administração e, posteriormente, pela Assembleia Geral de Acionistas”, ressalta comunicado da estatal, divulgado nesta segunda-feira (14).

O almirante Leal Ferreira foi comandante da Marinha até janeiro de 2018. Além da Escola Naval, recebeu treinamento de nível superior na Escola de Guerra Naval do Brasil, na Academia de Guerra Naval do Chile e na Academia Naval de Annapolis dos EUA.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum