Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de abril de 2019, 17h56

Ex-secretário-adjunto de Haddad se torna número 2 do MEC de Bolsonaro

Abraham Weintraub escolheu Antonio Paulo Vogel de Medeiros, que já foi secretário de Haddad na prefeitura de São Paulo, para ser secretário-executivo no Ministério da Educação; "Cada uma", tuitou o petista

Antonio Paulo Vogel de Medeiros (Foto: Divulgação/TCM)

O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta quarta-feira (10) os novos nomes que vão compor a cúpula da pasta. Entre as nomeações, chamou a atenção a escolha de Antonio Paulo Vogel de Medeiros para o cargo de secretário-executivo do MEC – trata-se do segundo posto, apenas abaixo do ministro, mais importante do ministério.

Medeiros é ex-secretário adjunto de Finanças de Fernando Haddad (PT) na prefeitura de São Paulo. Sua relação com o governo de Jair Bolsonaro, no entanto, não é nova. Ele era, até então, secretário-executivo adjunto do Ministério da Casa Civil, que tinha o próprio ministro da Educação, Wintraub, como “número 2”.

De acordo com o Ministério da Educação, Medeiros é formado em Economia e Direito, servidor de carreira e trabalha no setor público há 20 anos.

Fernando Haddad, pelo Twitter, compartilhou uma matéria que noticia a nomeação de seu ex-secretário e comentou: “Cada coisa”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum