terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Fachin manda para Brasília denúncia contra Lula, Dilma e ex-ministros

Lula e Dilma são alvos de denúncia por organização criminosa feita pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot – Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin encaminhou nesta quinta-feira (8) à Justiça Federal de Brasília a denúncia contra os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff por organização criminosa. A denúncia foi feita em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Além de Lula e Dilma também são alvos de investigação os ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega, e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Somente os casos da senadora Gleisi Hoffmann e o ex-ministro Paulo Bernardo continuarão no Supremo. Fachin entendeu que as condutas de ambos estão interligadas, e a senadora possui foro privilegiado, isto é, só pode ser investigada e julgada no STF.

Segundo informações de Rosanne D’Agostino, da TV Globo de Brasília, a denúncia, no âmbito da Operação Lava Jato foi oferecida com base em inquérito que apura se o PT formou uma organização criminosa para desviar dinheiro da Petrobras. Ao remeter o caso para a primeira instância da Justiça Federal, Fachin citou uma decisão anterior da Corte que determinou o fatiamento de inquéritos para o Distrito Federal no caso envolvendo Michel Temer e líderes do MDB.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.