Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de janeiro de 2020, 14h40

Felipe Neto chama Weintraub de vagabundo

Youtuber criticou ministro por causa de uma portaria editada no fim do ano passado limitando a participação de pesquisadores em congressos internacionais

Felipe Neto (Foto: Divulgação)

O youtuber Felipe Neto criticou duramente o ministro da Educação, Abraham Weintraub, em mensagem publicada nas redes sociais nesta quarta-feira (29) ao comentar sobre uma portaria editada pelo MEC no final de 2019 que restringe a participação de pesquisadores brasileiros em congressos internacionais.

Leia também: Para Felipe Neto, caos no Enem é porque colocaram “um imbecil” como ministro da Educação

“O vagabundo do ministro da Educação continua seu trabalho de destruição do Brasil. Olhem pra isso! Perseguição aos cientistas para que não possam ter voz e não participem de congressos, mesmo com a despesa não sendo do governo!”, disparou o influenciador. “É o pior ministro da história recente desse país!”, completou.

Neto compartilhou uma reportagem da jornalista Roberta Jansen, no Estado de S. Paulo, que expõe que o ministério publicou uma portaria (nº 2.227) em 31 de dezembro de 2019 limitando o número de participantes em congressos fora do país.  “A participação de servidores em feiras, fóruns, seminários, congressos, simpósios, grupos de trabalho e outros eventos será de, no máximo, dois representantes para eventos no país e um representante para eventos no exterior, por unidade, órgão singular ou entidade vinculada”, diz o artigo 55 do texto.

A medida foi criticada pela comunidade científica, que enxerga que a medida “impõe uma limitação ao desenvolvimento da ciência”. “A portaria foi feita claramente por alguém que não entende como funcionam a pesquisa e os congressos internacionais”, disse Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum