terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Festa de comemoração da Copa acaba em tragédia na França

Se fosse no Brasil, a notícia seria explorada nos veículos de comunicação nacional e circularia o mundo como prova inconteste não só do nível de subdesenvolvimento do país, como demonstração de que o povo deste canto da América Latina é desqualificado.

As comemorações de ontem na França desencadearam uma série de conflitos e o resultado do balanço da noite até o momento foi de dois mortos e centenas de feridos.

A polícia francesa agiu de forma violenta usando gás lacrimogênio e jatos de água, dispersando a multidão que se aglomerava nas proximidades do Arco do Triunfo.

Os conflitos não aconteceram apenas em Paris, mas também em outras regiões da França como Lyon e Nancy.

A celebrada multiculturalidade francesa expressa no time que venceu a Croácia, cuja quantidade de descendentes de imigrantes era imensa, não é algo simples no dia a dia país.

A vida desses descendentes imigrantes é muito difícil e conflitos como o de ontem não são tão incomuns no país. A conquista da Copa num time repleto de negros e as fotos do quebra-quebra são dois lados de uma mesma moeda.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.