Entrevista exclusiva com Lula
02 de junho de 2019, 09h03

Festival Lula Livre acontece neste domingo na Praça da República, em São Paulo

A atividade cultural vai receber artistas para todos os gostos, cantar por Lula para Nobel da Paz e promete balançar as estruturas do Centro da cidade

Foto: Divulgação

Por Lula.com

Após mais de um ano da prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a capital paulista recebe uma nova edição do Festival Lula Livre em defesa da liberdade, justiça e pela democracia. O dia de shows acontece no próximo 2 de junho, às 14h, na Praça da República. Vão subir ao palco artistas como: BaianaSystem, Emicida, Rael, Criolo, Nação Zumbi, Tulipa, Fernanda Takai e muitos outros.

Organizado a partir de um Manifesto de Artistas e Intelectuais (http://chng.it/xXBYBwdWNt), pelo Comitê Lula Livre e as duas frentes de articulação do movimento social – Brasil Popular e Povo Sem Medo, a atividade cultural vai receber artistas para todos os gostos, cantar por Lula para Nobel da Paz e promete balançar as estruturas do Centro da cidade.

Daniel Ganjaman, músico e produtor, resume o sentimento de muitos neste momento no país, de que a liberdade do presidente Lula une o campo progressista nacional: “Desde que o presidente Lula foi preso eu entendo que a luta por sua liberdade deveria ser pauta central para toda a frente progressista. Não existe normalidade democrática se o maior líder político do país segue preso injustamente, e todos da equipe do festival – desde músicos, produtores, técnicos e artistas – dividem da mesma opinião. Nossa ideia é criar um bloco unificado no intuito de chamar a atenção para a urgência dessa causa, e demonstrar nosso posicionamento da forma mais legítima possível: tocando e cantando pela liberdade do presidente mais amado da história do Brasil.”

Para a multi-instrumentalista, Michelle Abu, que assume a direção musical ao lado de Ganjaman, a “arte e a cultura tem o poder de proporcionar pensamentos e reflexões sobre uma sociedade, a política e suas relações. Esse festival representa essa necessidade urgente de mudarmos esse caminho destrutivo que o Brasil se encontra. Um grito pela liberdade de um povo, um mantra diário chamado Lula Livre, o melhor presidente que esse país já teve”. Michele disse ainda que o Festival está sendo construído com ”amor no coração e uma felicidade imensa. É uma honra pra mim”.

Estão confirmados também: Aíla, Dead Fish, Chico César, Filipe Catto, Mombojó, Odair José, Otto, Thaíde, Junú, Everson Pessoa, Unidos do Swing, Francisco El Hombre, Arnaldo Antunes, Slam das Minas, Bia Ferreira, Doralyce Soledad, Lirinha, Otto, Ilú Oba de Min, André Frateschi, Márcia Castro,Zeca Baleiro, Isaar, Junio Barreto, Fernanda Takai, MC Poneis, Chico Chico e Duda Brack, Triz, Anelis Assumpção e Drik Barbosa.

Em função de uma obra que a prefeitura realizará no Anhangabaú, o local do Festival foi alterado para a Praça da República.

Link para o evento: https://www.facebook.com/events/285792775656655/


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum