Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de março de 2018, 09h21

FHC diz se arrepender de não ter se aproximado de Lula e das forças progressistas

O ex-presidente disse ainda que o mercado não vai resolver o problema dos pobres

Lula e FHC durante a posse de Lula.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse, em longa entrevista concedida  ao documentarista Fernando Grostein Andrade, irmão de Luciano Huck, e publicada no seu blog na Folha desta quarta-feira (7), que se pudesse voltar atrás, tentaria se aproximar de Lula e das forças progressistas em geral.

“Se eu pudesse reviver a história eu tentaria me aproximar não só do Lula, mas de forças políticas que eu achasse progressistas em geral. Que ajudasse a governar. E acho que o PT deveria ter feito a mesma coisa. Estou dizendo, fui lá almoçar. Eu gosto de Fernando Haddad, vou votar no Fernando Haddad se ele for candidato? Não vou, mas eu tô dizendo que ele é uma pessoa correta.”

FHC fez também uma crítica detalhada sobre o papel dos bancos tanto na política quanto no governo, chegando a dizer que o mercado não vai resolver o problema dos pobres.

“Veja, o mercado financeiro é importante. Hoje, todos somos capitalistas, talvez com a exceção da Coreia e um pouco de Cuba, China tem bancos e tudo mais. Você precisa de banco. O banco tem uma função importante no sistema de acumulação, de distribuição e tudo mais. Mas o que ele não pode é pensar que ele é o todo. Ele não vai resolver o problema dos pobres. Não. Esse é o governo. Você não pode imaginar que o mercado resolva as coisas que são próprias do outro setor.”

Leia a entrevista na íntegra aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum