Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de junho de 2018, 08h52

FHC em “SOS”: Troca de emails revela pedido recorrente de dinheiro do ex-presidente a Odebrecht

Mensagens reveladas pela Polícia Federal mostram constantes pedidos de socorro financeiro por Fernando Henrique Cardoso

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Emails recuperados pela Polícia Federal no disco rígido de um computador do empresário Marcelo Odebrecht revelaram uma recorrente troca de emails do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com a Odebrecht. Nas mensagens, FHC pede doações para a campanha dos tucanos Antero Paes de Barros e Flexa Ribeiro.

A troca de mensagens revela que um dos acordos foi tratado primeiramente em um jantar com Marcelo Odebrecht. Com a sigla “SOS” no campo assunto, FHC reforça o pedido de dinheiro ao empresário para a campanha ao Senado de Antero Paes de Barros. O email foi enviado em 13 de setembro de 2010.

“O candidato ao senado pelo PSDB, Antero Paes de Barros, ainda está em segundo lugar, porém a pressão do governismo, ancorada em muitos recursos, está fortíssima. Seria possível ajudá-lo? Envio abaixo os dados bancários”, escreve FHC.

No email de resposta, Marcelo Odebrecht diz para o ex-presidente ficar tranquilo. “Depois aproveito, e lhe dou o feedback dos demais apoios e reforços que fizemos na linha do que conversamos.”

Um outro email revela como era constante o pedido de socorro financeiro por parte de Fernando Henrique. Com o título “o de sempre” no campo assunto. FHC chega a pedir perdão pela insistência e desta vez pede dinheiro para a campanha ao Senado do tucano Flexa Ribeiro, no Pará. “Ainda há tempo para eles alcançarem, no caso na verdade é manterem, a posição que os leva ao êxito.”

Os emails revelados pela Polícia Federal em reportagem publicada pela Veja evidenciam a colaboração da Obrebretch com o Instituto FHC. André Amaro, presidente da Odebrecht Defesa e Tecnologia, informa a Marcelo Odebrecht que, em alinhamento com Emilio Odebrecht, (fundador da empresa e pai de Marcelo), que a empreiteira vai contribuir com R$ 1,8 milhão em 24 meses, “conforme acertado no último encontro dos empresários no Instituto”. O email diz que o apoio foi acertado com empresários e cita o apoio “do Daniel” sem identificar com mais detalhes.

“Ele me comentou. Parece que meu pai puxou para cima. Deixe meu pai avisado”, respondeu Marcelo.

“Daniel disse que, talvez, contribua com menos, se posicionando junto a um grupo de empresas relativamente menores”, replica Amaro.

“Posso ter pedido, mas era legal”

Fernando Henrique Cardoso se pronunciou por meio da assessoria de imprensa. “Posso ter pedido, mas era legal. Não sei se deram e não foi a troco de decisões minhas, pois na época eu estava fora dos governos, da República e do Estado”, disse FHC ao jornal O Estado de S.Paulo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum