quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

FHC sai em defesa de Aécio e acusa PSDB: “Jogar filiados às feras é oportunismo sem grandeza”

O processo interno que pode levar o PSDB a expulsar o deputado mineiro e ex-presidenciável do partido Aécio Neves levou uma de suas grandes, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso a se manifestar em seu Twitter. E o fez em defesa do político mineiro, acusando a sigla de “jogar filiados às feras sem esperar decisão da Justiça”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo o ex-mandatário, “O PSDB tem um estatuto e uma comissão de ética. Há que respeitá-los. Jogar filiados às feras, principalmente quem dele foi presidente, sem esperar decisão da Justiça, é oportunismo sem grandeza. Não redime erros cometidos nem devolve confiança”.

Recentemente, Aécio Neves se tornou réu em dois processos, um no STF (Supremo Tribunal Federal), em abril, e outro na Justiça Federal de São Paulo, dias atrás, por crimes de corrupção e obstrução à Justiça. Ele também é alvo de outros processos por corrupção que estavam parados devido ao seu foro privilegiado, mas que podem ser retomados agora com a mudança nas regras – que é o que possibilitou a instalação dos dois já mencionados.

Já a expulsão de Aécio do PSDB nasce de um pedido do diretório do PSDB de São Paulo aprovado de forma unânime, e que será analisado pelo conselho de ética do partido. A medida também foi defendida publicamente pelas duas figuras com mais poder no PSDB paulistano: o governador João Doria e o prefeito da capital, Bruno Covas.

Sobre Fernando Henrique Cardoso, sua mensagem contra a condenação moral de Aécio antes de um pronunciamento definitivo da Justiça a respeito contrasta com as muitas vezes em que ele fez exatamente isso contra seu desafeto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.