Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de fevereiro de 2020, 11h05

Filha de Olavo vai falar na CPMI das fakes news sobre atuação do pai no gabinete do ódio

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) confirmou nesta sexta-feira (7) que Heloísa de Carvalho será convocada

Olavo e a filha, Heloísa de Carvalho (Montagem)

Heloisa de Carvalho, filha do guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho, deve falar na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News sobre a atuação do pai na disseminação de notícias falsas na Internet, inclusive através do “gabinete do ódio”. O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) confirmou nesta sexta-feira (7) que Heloísa será convocada.

A filha de Olavo diz que já sofreu ataques da rede de fake news propagada pelo pai e que pretende contar todos os detalhes do episódio na comissão. Além disso, de acordo com o Metrópoles, Heloisa deve pedir uma audiência reservada com deputados e senadores para informar o nome de quem seria o “elo” de Olavo de Carvalho com o “gabinete do ódio”.

“Gabinete do ódio” é como vem sendo chamado um grupo de atuação no Palácio do Planalto, que dissemina ataques e informações falsas. A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo no Congresso, foi uma das convidadas para audiência na CPMI das fake news no ano passado e explicou o funcionamento do grupo.

Na ocasião, ela disse que Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, coordena os ataques. Ela afirmou que a equipe recebe cerca de R$ 491 mil para produzir notícias falsas e memes com o objetivo de atacar ex-aliados e desafetos.

Heloisa publicou no meio de dezembro um livro sobre Olavo de Carvalho chamado “Meu Pai: O Guru do Presidente — A Face Ainda Oculta de Olavo de Carvalho”. A relação entre eles foi rompida oficialmente há quase quatro anos, desde quando Heloisa publicou na internet uma carta aberta a Olavo de Carvalho, na qual narra uma infância complicada e repleta de traumas.

Confira:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum