sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Filipe Martins é uma espécie de “Louro José do Bolsonaro”, diz Alexandre Frota

Questionado pela deputada federal Luizianne Lins (PT-CE) se conhecia o empresário Steve Bannon, assessor do presidente Donald Trump, dos EUA, apontado como o responsável pelo disparo de fake news na campanha, o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) atacou Filipe G. Martins, assessor de relações internacionais do governo. Segundo o ex-bolsonarista, Martins foi o responsável pela conexão entre Eduardo Bolsonaro e Bannon.

“Quem promoveu o encontro entre o Steve Bannon e Eduardo foi o Filipe G. Martins que atua… É uma espécie de Louro José do Bolsonaro. Ele fica no ombro do Bolsonaro recebendo os comandos do Olavo de Carvalho lá na Virgínia e ele foi a pessoa que promoveu esse encontro”, declarou Frota durante a CPMI das Fake News.

Ao comentar sobre a figura de Martins em pergunta da deputada Natália Bonavides (PT-RN), Frota disse que Martins é uma figura “obscura” e “sem qualificação nenhuma”. “Martins vive de truques, um deles é dizer que representa uma ala anti-establishment, mas apenas sobrevive promovendo linchamentos virtuais”, afirmou.

“Ele é a ponte entre o Planalto e o Itamaraty, mas é a pessoa mais abjeta que passou por esse posto. Não tem formação nenhuma. Nunca fez nada de relevante na vida. É apenas aluno de Olavo de Carvalho. Martins age feito um bozó das relações internacionais. Além disso, é uma das pessoas mais apoiadas pelo VaporWave”, completou, dizendo ainda que ele foi o responsável pela indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada do Brasil nos EUA e pela “política de puxar saco de Trump”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.