terça-feira, 20 out 2020
Publicidade

Flagrado em áudio vazado, presidente do PSL do RS diz que Bolsonaro “vai tomar um impeachment”

O presidente do PSL do Rio Grande do Sul, o deputado federal Nereu Crispim, declarou, em conversa com uma interlocutora a quem chama de Rose, que Jair Bolsonaro “vai tomar um impeachment”. A conversa foi gravada e o áudio obtido pela colunista Rosane de Oliveira, do jornal Zero Hora.

Conforme o áudio, Crispim disse que se ocorreu alguma irregularidade nas contas da legenda, Bolsonaro deveria ter o mandato cassado.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

“Eu conheço o Bivar. E se houve alguma coisa lá errada, tem que cassar é o mandato do Bolsonaro, porque o partido tava com ele, não era com o Bivar, antes”, afirmou o deputado.

Em outro trecho, ele declarou: “Eu vou só dizer uma coisa pra ti: o Bolsonaro vai tomar um impeachment. Escuta o que eu tô te dizendo”.

A interlocutora falou com Crispim a respeito de buscas envolvendo Luciano Bivar, presidente nacional da legenda. O deputado classificou como “retaliação” de Bolsonaro.

Apuração

Crispim, durante entrevista, nesta segunda (2), destacou que pediu apuração da polícia sobre o vazamento. No entanto, não negou nem confirmou o conteúdo da gravação. “Isso (veracidade) a Justiça vai decidir”.

“Eu apoio o presidente Bolsonaro, quem me elegeu foi ele. Isso (vazamento) a polícia e a Justiça vão resolver. Se fosse verdade, é uma interceptação telefônica ilegal. Se não, estão botando essa imagem com o interesse de me difamar e desmoralizar”, acrescentou.

Escute o áudio obtido pela colunista Rosane de Oliveira, do jornal Zero Hora: 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.