Flávio Bolsonaro assume como vice de Collor em comissão no Senado

Após se livrar de quebra de sigilo no processo das rachadinhas, o filho do presidente Jair Bolsonaro foi alçado à vice de comissão de desenvolvimento

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi eleito como vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo nesta quarta-feira (24) na chapa do senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL), novo presidente da comissão.

A vitória da chapa, feita por aclamação, acontece em meio à aproximação de Collor do clã Bolsonaro e da decisão da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que anulou a quebra de sigilo bancário e fiscal do filho do presidente da República.

A quebra dos sigilos fazia parte das investigações sobre o esquema de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) que ficou conhecido como “rachadinha”, que tinha como operador Fabrício de Queiroz.

Em seu discurso após assumir a presidência da comissão, Collor defendeu pautas do governo. “O pacto federativo e a reforma tributária são excelentes oportunidades para criar instrumentos que permitam a todos os brasileiros desfrutarem de padrão semelhante de prosperidade e de qualidade de vida”, disse.

O ex-presidente estaria servindo como uma espécie de consultor econômico para Bolsonaro.

Flávio ainda afirmou que o desenvolvimento regional “se tornará um dos canais de geração de emprego” e exaltou o novo marco do saneamento básico.

O senador chegou a ocupar um posto na Mesa Diretora do Senado nos dois primeiros anos de mandato.

Com informações do Senado Notícias

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.