Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de fevereiro de 2019, 16h40

Flavio Bolsonaro não abre voto em eleição no Senado e é alvo de avalanche de críticas

Em tuite, filho de Jair Bolsonaro disse que não abriu o voto "para evitar especulações com intuito de prejudicar o governo"

Reprodução/Twitter

Sem declarar o voto na sessão para eleição da presidência do Senado na tarde deste sábado (2), Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) está recebendo uma avalanche de críticas de apoiadores do pai, Jair Bolsonaro (PSL) no Twitter.

Leia também: Em segunda chance, após eleição fraudada, Flávio Bolsonaro declara voto em Alcolumbre

Em tuite, Flavio disse que não abriu o voto “para evitar especulações com intuito de prejudicar o governo”. “Sou a favor do voto aberto, mas nessa ocasião específica, por ser filho do chefe de outro Poder, optei por não abrir meu voto, para evitar especulações com intuito de prejudicar o governo. Que o eleito, independentemente de quem for, apoie as pautas que o Brasil necessita”.

A respostas dos seguidores vieram na sequência e em menos de 10 minutos já acumulavam mais de 1 mil mensagens.

“Você deveria ter declarado por essa mesma razão, ser filho do Presidente”, tuitou Natália Lopes.

“Que desculpa esfarrapada, senador. Todo mundo sabe que o @onyxlorenzoni, Ministro da Casa Civil, fez campanha pelo @davialcolumbre. Se houver segundo turno, honre os 4.380.418 votos que teve e vote aberto!”, tuitou o perfil oficial do Instituto Liberal de São Paulo.

“Se o argumento for esse, ele precisa renunciar ao mandato”, tuitou Vanessa Reis.

Veja mais repercussões.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum