segunda-feira, 26 out 2020
Publicidade

Flávio Dino anuncia pelo Twitter morte do pai, de 88 anos, por Coronavírus

Sálvio Dino estava internado no Hospital Carlos Macieira, em São Luís, desde que foi diagnosticado com COVID-19

Sálvio Dino, pai do governador do Maranhão, Flávio Dino, morreu nesta segunda-feira (24), vítima da Covid-19. A informação foi confirmada pelo próprio Dino em sua conta do Twitter, às 6h33 da manhã:

“Não chores, meu filho; Não chores, que a vida É luta renhida: Viver é lutar. A vida é combate, Que os fracos abate, Que os fortes, os bravos Só pode exaltar.” Na quinta-feira, eu e meu pai recitamos juntos Gonçalves Dias. Hoje ele morreu, aos 88 anos, vítima de coronavírus.

“Meu pai teve uma longa vida, com muitas lutas. Seu mandato de deputado estadual foi cassado e ele foi preso arbitrariamente pela ditadura militar em 1964, “acusado” de ser comunista. Nos últimos dias deu a derradeira lição: profundo amor pela vida. Lutou com humildade e coragem.”

Sálvio Dino estava internado no Hospital Carlos Macieira, em São Luís, desde o dia 21, quando foi diagnosticado com COVID-19.

Neste domingo, uma onda de boatos sobre a morte do pai do governador se espalhou pelas redes sociais, mas a informação foi negada pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap).

Através de nota, a Secap afirmou que ex-prefeito de João Lisboa, Sálvio Dino, continuava em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva, no Hospital Carlos Macieira.

Na manhã desta segunda-feira, no entanto, ele veio a falecer.

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.