Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de maio de 2019, 20h57

Flávio Dino ironiza liberação de armas de Bolsonaro: “Será que a ideia é gerar mais empregos em cemitérios?”

Bolsonaro afirmou que assinará na próxima terça-feira um decreto permitindo que colecionadores, atiradores e caçadores transportem armas carregadas

Foto: Divulgação

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ironizou, através de sua conta no Twitter, neste domingo (5), o presidente Jair Bolsonaro, após ele dizer que assinará na próxima terça-feira (7) um decreto permitindo que colecionadores, atiradores e caçadores transportem armas carregadas.

“Quantos empregos serão gerados com essa medida? Será que a ideia é gerar mais empregos em cemitérios?”

O presidente falou sobre o decreto ao sair do Palácio da Alvorada. Ele parou para cumprimentar populares que estavam no portão que dá acesso à residência oficial, e foi abordado por um homem que indagou sobre o tema.

Atualmente, somente os atiradores podem levar uma arma com munição em um trajeto específico: do local de guarda, em geral a própria casa, ao local de treino ou competição.

O arsenal e a concessão de registros para caçadores, atiradores e colecionadores de armas de fogo — conhecidos pela sigla CAC — deram um salto nos últimos cinco anos . As novas autorizações para a categoria aumentaram 879% no período, passando de 8.988, em 2014, para 87.989, em 2018. Hoje, há 255.402 licenças ativas no Brasil. Já o número de armas nas mãos desse grupo foi de 227.242 para 350.683 unidades, um crescimento de 54%.

Com informações do Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum