Flávio Dino sobre Bolsonaro tentar barrar CPI: “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”

" O governo federal não quer a CPI. Mas prevaleceu a diretriz emanada de importante preceito bíblico", disse Flávio Dino nas redes sociais

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), repetiu o versículo bíblico usado comumente por Jair Bolsonaro (Sem partido) para celebrar o início dos trabalhos da CPI do Genocídio, que colhe os depoimentos dos ex-ministros, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) e Nelson Teich nesta terça-feira (4), mesmo diante da resistência do governo na investigação.

Notícias relacionadas

“Hoje começa a funcionar a CPI da Pandemia, por decisão do Senado e do Supremo. O governo federal não quer a CPI. Mas prevaleceu a diretriz emanada de importante preceito bíblico: ‘e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará’ (João 8:32)”, tuitou Dino.

Em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (4), o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM) disse que Bolsonaro teve uma postura negacionista desde o início da pandemia no Brasil. “Todo mundo sabe disso”, afirmou o senador.

“O presidente, desde o primeiro momento, foi negacionista – e todo mundo sabe disso”, disse Aziz. “Estimulou aglomerações, achava equivocadamente que poderíamos sair dessa pandemia com a imunização de rebanho, e isso não aconteceu”, completou.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.