Flávio Dino sobre “eu autorizo” em atos bolsonaristas: ‘Nada acontecerá. No máximo bravatas no cercadinho’

Com o chamado "Eu Autorizo Presidente", apoiadores pediram intervenção de Bolsonaro contra decretos de governadores e prefeitos na pandemia

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), foi às redes sociais neste domingo (2) para ironizar as manifestações bolsonaristas que ocorreram pelo país no sábado (1º). Para ele, “nada acontecerá” em relação aos pedidos de apoiadores por uma intervenção do presidente Jair Bolsonaro contra decretos de governadores na pandemia.

“O presidente pediu um ‘sinal’. Então os apoiadores restantes deram o tal sinal (‘eu autorizo’). E o que acontecerá amanhã? A especialidade de Bolsonaro: NADA. No máximo, algumas bravatas no ‘cercadinho’. Depois, o ócio de sempre. Trabalho? Chance zero”, escreveu Flávio Dino no Twitter.

Com o chamado “Eu Autorizo Presidente”, bolsonaristas decidiram ir às ruas em defesa do mandatário, pedindo uma intervenção militar e fazendo ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF). O nome das manifestações foi uma resposta a Bolsonaro, que disse que aguardava “uma sinalização” dos brasileiros para “tomar providências” contra medidas de restrição decretadas por governadores e prefeitos na pandemia.

Apesar do fracasso em diversas capitais, chamou a atenção o contingente reunido na Avenida Paulista. Sem nenhum distanciamento social e com muitos participantes e máscara de proteção, o grupo se mobilizou em defesa de uma intervenção de Bolsonaro contra o STF.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR