Fórum Educação
10 de março de 2020, 16h13

Frota entra com ofício na Câmara para que Bolsonaro prove fraude nas eleições

Ex-bolsonarista promete também entrar com um pedido de impeachment contra Bolsonaro por incentivar manifestações anti-Congresso e anti-STF

Reprodução/TV Senado

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) anunciou nesta terça-feira (10), pelas redes sociais, que requiriu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), através de um ofício, que o presidente Jair Bolsonaro apresente provas da fraude que ele disse ter ocorrido na eleição de 2018.

De acordo com o tucano, o ministério da Casa Civil terá até 24 horas para responder ao requerimento.

Nesta segunda-feira (10), Bolsonaro afirmou, durante um discurso em Miami, nos EUA, que a eleição de 2018 foi fraudada e que ele teria vencido já no primeiro turno. “Temos não apenas palavra, temos provas, que eu quero brevemente (sic) mostrar, porque precisamos de aprovar no Brasil um sistema seguro de aprovação de votos”, disse.

Nesta terça-feira (10), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rebateu Bolsonaro através de nota oficial. “O Tribunal Superior Eleitoral reafirma a absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação e, sobretudo, a sua auditabilidade, a permitir a apuração de eventuais denúncias e suspeitas, sem que jamais tenha sido comprovado um caso de fraude, ao longo de mais de 20 anos de sua utilização”, diz.

Impeachment

Antes de informar que vai exigir provas de Bolsonaro de que a eleição tenha sido fraudada, Frota, que era bolsonarista, disse que vai protocolar um pedido de impeachment contra o presidente logo após as manifestações da direita que estão sendo marcadas para o dia 15.

De acordo com o tucano, há fundamentos jurídicos para que Bolsonaro seja enquadrado por crime de responsabilidade por seu incentivo aos atos que pedirão o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum