Frota entrega à PF dados que ligariam Eduardo Bolsonaro a esquema de fake news

O deputado federal apresentou documentos obtidos na CPMI das Fake News

Na última terça-feira (29), o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) apresentou à Polícia Federal uma série de dados que relacionariam o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) com esquema de ataques virtuais e disseminação de notícias falsas contra opositores da família Bolsonaro.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, as informações, levadas à PF durante depoimento do ex-bolsonarista, foram obtidas durante os trabalhos da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, que segue em andamento na Câmara.

O deputado é um dos membros da CPMI, que é presidida pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA) e relatada pela deputada Lídice da Mata (PSB/BA), e chegou a prestar depoimento na comissão.

Entre o que foi apresentado estariam números de IPs de computadores de Brasília e do Rio de Janeiro que estariam ligados um e-mail oficial do filho do presidente e teriam sido responsáveis por ações de disseminação de fake news na internet.

O correio eletrônico seria [email protected], declarado por Eduardo em registro de candidatura em 2018.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR