Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de setembro de 2019, 17h59

Frota pede desculpas por ter apoiado Bolsonaro

"O Governo Bolsonaro vem 'brochando' os brasileiros", disse o ex-ator

Foto: Reprodução

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), expulso do PSL após críticas ao presidente Jair Bolsonaro, desabafou em texto publicado pelo Catraca Livre nesta sexta-feira (6). Apesar de manter sua postura contra o PT, ele disse estar arrependido de ter trabalhado pela eleição de Bolsonaro e destacou que quer “ajudar o Congresso Nacional a colocar o país no rumo certo”.

“Apesar de falar da ‘ejaculação precoce’ de João Doria, o Governo Bolsonaro vem ‘brochando’ os brasileiros, que tinham a esperança de que todas as práticas nocivas do PT deixariam de existir”, disse o ex-bolsonarista. Ele fala que Bolsonaro quer “dar filé mignon” e “proteger” a “ninhada”. “Articula, de um lado, a indicação de Eduardo para a embaixada em Washington e, de outro, desmantela a cúpula da Polícia Federal do Rio de Janeiro para proteger Flávio”, criticou.

Frota cobra uma investigação que não poupe os parentes do presidente e atue contra as “rachadinhas”. “Enriquecimento patrimonial de agente público, incompatível com a remuneração de seu cargo, também é corrupção! Dar carona em helicópteros e aviões da Força Aérea Brasileira, para seus parentes e parentes de Ministros, também é corrupção!”, disse.

O tucano ainda destacou a agressividade do discurso do presidente e criticou os comentários feitos sobre Brigitte Macron por membros do governo. “Mulheres e países amigos do Brasil vêm sendo ofendidos pelo Presidente e por integrantes do Governo. Embaixador do Turismo brasileiro ameaçou fisicamente, em vídeo, o Presidente da França e ofendeu sua mulher e não foi sequer advertido. Quem se atreve a criticar o Governo é alvo de ofensas e ‘fake news’ orquestradas pela internet. Tamanho radicalismo e ameaças físicas aos críticos não foram tão comuns nem mesmo nos governos do PT”, disse.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum