Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2020, 14h41

Fuga de capitais em 2020 chega a R$ 35 bi e já é maior que no ano todo de 2008, ápice da crise financeira

Política neoliberal de Paulo Guedes se mostra estéril para conter investidores estrangeiros diante dos arroubos autoritários de Jair Bolsonaro

Paulo Guedes durante evento nos EUA (Arquivo)

A política econômica neoliberal de Paulo Guedes não tem sustentado a permanência de investidores estrangeiros no mercado brasileiro diante das incertezas democráticas decorrentes das declarações de Jair Bolsonaro.

No segundo mês do ano, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) já registrou a fuga de R$ 35 bilhões de investimento estrangeiro. A cifra já está próxima ao recorde dos R$ 40 bilhões que deixaram o Brasil em 2019 e supera as retiradas de recursos feitas ao longo de 2008, ano da crise financeira global. De janeiro a dezembro daquele ano, o saldo do capital externo no secundário foi negativo em R$ 24,6 bilhões.

No acumulado do mês de fevereiro, o saldo de investimento estrangeiro está negativo em R$ 15,8 bilhões, resultado de R$ 190,1 bilhões em compras e de R$ 205,9 bilhões em vendas.

Segundo o Valor Econômico, na quarta-feira (26), com a chegada do Coronavírus ao país atrelada à convocação de Jair Bolsonaro para o ato de 15 de março, mais de R$ 3 bilhões em investimento estrangeiro deixaram o país, provocando uma queda de 7% no índice Bovespa.

Um dado interessante é que, neste dia, os agentes financeiros nacionais mantiveram seus aportes diante da debandada dos investidores estrangeiros.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum